site templates free download


Território            Felino                


As curiosidades do comportamento dos felinos - parte 1


                                                                                                   Por Wilson Salce

Curiosidade define bem o espírito livre dos gatos. Eles exploram, observam, interrogam e sondam o mundo ao seu redor. Qualquer objeto novo ou uma simples mudança nos móveis da casa já é capaz de deixar o felino bastante intrigado. Mas, de onde vem este comportamento?

O gato foi domesticado há quase 6 mil anos, mas o comportamento natural da espécie, permanece o mesmo. As nove necessidades comportamentais básicas são idênticas, independentemente do estilo de vida do bichano, sendo elas: caçar, brincar, comer, esconder-se, observar, explorar, marcar território, dormir e higienizar-se. Ainda que a domesticação produza mudanças na duração de cada uma dessas atividades, até o gato de vida doméstica é um gato com uma vida de gato.

Neste Pet News, estaremos abordando a territorialidade felina, e uma solução para minimizar o risco de seu gato dar aquelas famosas escapulidas.

O Gato e seu território

Os gatos são animais territoriais, portanto, é fundamental para eles conhecerem todos os cantos do seu território para se sentirem seguros. Você já percebeu que eles mapeiam onde fica cada objeto, cada móvel e todos os potenciais esconderijos? Quando a mobília da casa é integrada e o ambiente bem arrumado, ele terá pouquíssimos lugares para se esconder em caso de perigo. Em consequência disso, o gato se sente exposto e vulnerável, já que para ele é muito importante manter o total conhecimento e controle do seu território, sendo preocupante saber que existe uma parte inexplorada da casa que pode conter algum perigo. Na natureza, os gatos dependem desse conhecimento para sobreviver e garantir o seu alimento.

É preciso, portanto, promover seu bem-estar adaptando o ambiente, que deve ser constante e previsível por ele, tanto em termos de estrutura física como de odores. Atualmente existem mobílias que permitem o tráfego e o esconderijo do felino, integrado a decoração do ambiente. Caso não tenha essa disponibilidade, possibilite ao seu gato o acesso a prateleiras ou estantes em locais altos e seguros diminui o risco do felino ter comportamentos de escape, buscando aliviar a ansiedade, como o excesso de alimentação e auto higienização.  
Agradecimento In Press Porter Novelli

© Copyright 2018 Revista Pet Plus - Todos os direitos reservados